sexta-feira, 1 de julho de 2016

História do Artesanato

Artesanato: arte ou técnica do trabalho manual não industrializado, realizado por artesão, e que escapa à produção em série; tem finalidade utilitária e artística. Conjunto das peças de produção artesanal.


A história do artesanato surgiu na Pré-História, os homens desta época faziam cestos, ferramentas, vasos de cerâmica, roupas, esculturas e outros objetos usando as mãos como ferramenta e os recursos da natureza como matéria-prima. Expressou-se assim a capacidade criativa e produtiva como forma de trabalho.
No período neolítico (6.000 a.C.) o homem aprendeu a polir a pedra, fabricar cerâmica e descobriu a técnica de tecelagem das fibras animais e vegetais. No Brasil, o artesanato também surgiu neste período. Os índios foram os mais antigos artesãos, eles utilizavam a arte da pintura, usando pigmentos naturais, a cestaria e a cerâmica, sem esquecer a arte plumária como os cocares, tangas e outras peças de vestuário feitos com penas e plumas de aves.  
A partir do século XIX, o artesanato ficou concentrado então em espaços conhecidos como oficinas, onde um pequeno grupo de aprendizes viviam com o mestre-artesão, detentor de todo o conhecimento técnico. Este oferecia, em troca de mão-de-obra barata e fiel, conhecimento, vestimentas e comida. Criaram-se as Corporações de Ofício, organizações que os mestres de cada cidade ou região formavam a fim de defender seus interesses.
O artesanato pode ser erudito, popular e folclórico, podendo ser manifestado de várias formas como, nas cerâmicas utilitária, funilaria popular, trabalhos em couro e chifre, trançados e tecidos de fibras vegetais e animais (sedenho), fabrico de farinha de mandioca, monjolo de pé de água, engenhocas, instrumentos de música, tintura popular. E também encontram-se nas pinturas e desenhos (primitivos), esculturas, trabalhos em madeiras, pedra guaraná, cera, miolo de pão, massa de açúcar, bijuteria, renda, filé, crochê, papel recortado para enfeite, etc.
O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo e garante o sustento de muitas famílias e comunidades. O artesanato faz parte do folclore e revela usos, costumes, tradições e características de cada região.


E aí, qual artesanato você mais gosta ou faz?!
Conte para nós, e aproveite para deixar o endereço do blog ou facebook para que possamos conhecer :)  

Um comentário:

  1. Oi, Fernanda!

    Gostei de conhecer um pouco mais sobre a história do artesanato... Eu não estou fazendo nada atualmente (em artesanato), mas admiro demais vocês artesãs. Acho lindo!!

    Abraços e um ótimo domingo, Cris

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo e ter deixado sua marca aqui no meu coração...♥